Página Inicial arrow Dicas Especiais arrow “CARTILHA DE SEGURANÇA PARA AS MULHERES”
Sábado - 30 de Agosto de 2014

Segurança da Mulher

Assédio Sexual
Dicas Especiais

Segurança no Trabalho

Incêndio

Segurança da Informação

Espionagem Industrial

Frases do Dr. Lordello

frase4.png

Enquete

Quais as razões para o aumento da criminalidade?
 

Cadastre-se no Portal

Cadastre-se no Portal e receba nossos informativos periodicamente, além de concorrer a livros e convites para palestras.

:




Redes Sociais

Conecte-se ao Facebook!
Visite nosso canal no Youtube!

Nossos Parceiros

Seguridade
Grupo Padrão
Grupo GP
Full
FL Terceirização
Life Condomínios
Wall Service
Método Lordello de Treinamento em Segurança
Pro Security
Ganhe mais visibilidade. Anuncie aqui!
NR Service
Condomínio em Foco
ATS Terceirização
Good Clean
JSEG Vigilância
Terras de Gênova
Méthodo Gestão Educacional
Protecães
QAP Segurança
Grupo Vip
Grupo Titanium
Associação Nacional de Agentes de Segurança
Avitran
Comunicação Juridica
Crimes & Acidentes
Leão Serviços
Porto Service
Top Clean
ASC Service
Lordello Consultoria

Quem está On-line

Nós temos 2 visitantes online
“CARTILHA DE SEGURANÇA PARA AS MULHERES” Email

Autoria: Dr. JORGE LORDELLOo Doutor Segurança  

TEMA I

COMO RECONHECER HOMEM VIOLENTO

Cuidado com Lobo em Pele de Cordeiro 

A história da humanidade sempre foi marcada pelo sangue de mulheres vítimas de homens possessivos, ciumentos, descontrolados e psicopatas.   Observe com atenção a conclusão da ONU:

 

 

 

 

“A maior incidência de mortes de mulheres ocorre dentro de casa, praticadas por parceiros ou por “exs” quando não aceitam final de relacionamento”

 

 

 

A violência contra a mulher é global, sistêmica e muitas vezes se baseia em desequilíbrios de poder e desigualdades entre homem e mulher. Ocorre em todas as classes sociais e pode ser física, sexual, psicológica e até econômica.    Você sabia que 70% dos assassinatos de mulheres são praticados por namorados, maridos, amásios ou ex-parceiros? De acordo com estatística da Organização Mundial da Saúde, 3% dos homens são psicopatas.  

 

 

O sentimento de POSSE e de PROPRIEDADE, juntamente com o MACHISMO e o CIÚME exacerbado, são ingredientes perversos e pano de fundo de assassinatos de mulheres.

 

 

O Brasil é o responsável por quase um terço do total de homicídios nas Américas (cerca de 140 mil) e por quase 10% de todas as mortes do planeta (cerca de 468 mil).

Esta CARTILHA visa levantar reflexão sobre ciúmes e possessividade, que em excesso podem levar pessoas comuns ao completo descontrole, com consequências desastrosas e muitas vezes homicidas.

Nos últimos meses, a mídia tem divulgado vários assassinatos praticados por homens, aparentemente normais, mas que em razão da total falta de equilíbrio emocional, cometeram terríveis atrocidades contra mulheres que diziam amar.

O escritor Antonio Peres escreveu que a suspeita e o ciúmes são como venenos empregados na medicina: se pouco, salva; se muito, mata”.

CIÚMES e POSSESSIVIDADE se não forem bem dosados podem terminar com relação afetiva, gerar agressões verbais, físicas e até a morte de um dos parceiros!

Para Miguel de Cervantes, “os ciumentos sempre olham para tudo com óculos de aumento, os quais engrandecem as coisas pequenas, agigantam os anões e fazem com que as suspeitas pareçam verdades”.  

O ciúme e a possessividade são sentimentos relacionados com a falta de confiança no outro ou em si próprio, podendo, quando em excesso, se tornar patológicos, obsessivos e gerar tremenda agressividade compulsiva. 

Você já ouviu a frase:

 O que você está pensando neste momento, heinn?"

É como se a pessoa com quem está se relacionando desejasse ter acesso permanente a tudo que passa por sua mente. Fique atenta se isso acontecer com você pois é sinal de homem controlador e inseguro!

   Qual seria sua atitude se descobrisse que seu namorado bisbilhotou seu telefone celular ou caixa de e-mails?”

Péssimo sinal quando parceiro invade sua privacidade, sem autorização. Nesse momento a confiança entre as partes foi quebrada e o processo de desconfiança instalado. Será que foi apenas uma demonstração de ciúmes e sentimento de posse ou descontrole emocional?

 

VOCÊ CONHECEU ALGUÉM INTERESSANTE? CAUTELA...    É UM DESCONHECIDO AINDA! 

Ao ter contato com rapaz que lhe chamou a atenção, está se iniciando a chamada “fase de conhecimento”, que serve como “teste drive” para análise da possibilidade de um passo à frente. Nesse período, a razão deve sobrepujar a emoção; você não sabe com quem está lidando. Lembre-se do antigo jargão popular: “quem vê cara, não vê coração”

Imagine uma jovem que conheceu belo rapaz em festa ocorrida numa casa noturna. Na hora de ir embora, ele gentilmente diz:

“Posso lhe oferecer carona?”

Será que é prudente aceitar? 

De jeito nenhum, não houve tempo suficiente para adquirir a confiança necessária para entrar em carro de estranho. Muitas mulheres são, cotidianamente, ameaçadas, agredidas e assassinadas friamente por aqueles que se diziam apaixonados.

 

 

DETALHES QUE PODEM REVELAR ÍNDOLE VIOLENTA

Reflita sobre 10 indagações:

1)           O homem que você está conhecendo ou até namorando, exagera de vez enquando no uso de bebidas alcoólicas e, consequentemente, altera completamente o comportamento?

2)           Você se sente, às vezes, com medo ou insegura pois não sabe a atitude que o parceiro pode tomar se alguém se aproximar de você com gracejos, mesmo que seja um amigo de infância?

3)           Ele já a ofendeu com palavras, gritou contigo, pegou-a pelo braço com força ou chegou a agredi-la fisicamente?

4)           Você já foi surpreendida com a elevação repentina e ameaçadora do tom de voz de seu acompanhante?

5)           Você acha normal a pessoa que diz que te ama tentar a todo momento controlar sua vida, seus horários, compromissos e até sua maneira de se vestir? Você encara essas atitudes como “sinais de perigo” ou acha que é demonstração de amor e preocupação contigo?

6)           E se descobrisse que seu parceiro andou bisbilhotando seu telefone celular e caixa de e-mails?

7)           A pessoa que você esta interessada muda repentinamente de humor em razão de pequenos acontecimentos?

8)           Seu parceiro tem o hábito de se envolver em brigas e confusões no cotidiano? Ele costuma levar desaforo pra casa ou prefere tirar satisfação quando esta com sangue quente?

9)           Quando está nervoso ele costuma a dirigir o carro em alta velocidade e/ou discute com outros motoristas e já chegou a entrar em vias de fato?

10)        A pessoa que voce está se envolvendo porta arma de fogo, canivete ou qualquer objeto no veículo, como taco de beisebol, que possa ser usado em caso de briga ou desavença?                                                     

Para algumas mulheres a ocorrência de apenas 1 desses acontecimentos seria o estopim para desistir de conhecer alguém ou terminar relacionamento. Para outras, tudo que acabo de mencionar pode ser relevado e geralmente apresentam justificativas que passo a expor

:a)           O amor supera tudo!

b)           Com o tempo consigo mudá-lo!

c)           O que importa é que no geral ele me trata bem e cuida de mim!

 

ME PERDOE, NUNCA MAIS FAREI ISSO!

É comum que após momento de descontrole, venha o arrependimento e pedido de desculpas. Às vezes, lágrimas são usadas para comover, juntamente com flores ou presentes, e, por fim, a fatídica frase: 

"Meu amor, prometo que vou melhorar e não farei mais isso com você". 

 

Algumas mulheres esquecem que essa promessa já foi feita outras vezes... O perigo é que o próximo ato de descontrole será sempre mais intenso que o último, pois sem tratamento psicológico o problema emocional irá se agravar.

 

Mas por que muitas mulheres ofertam a segunda, terceira, quarta e tantas outras chances ao parceiro ciumento e possessivo? 

Principalmente mulheres que sofrem de carência afetiva, infelizmente, não aceitam o antigo jargão popular:"Antes só que mal acompanhada".

Você acredita em amor à primeira vista? Acha possível alguém largar tudo para viver um romance com quem acabou de conhecer ?

 

Foi exatamente isso que aconteceu com a auxiliar administrativa Sandra Regina. Durante trajeto no metrô de São Paulo, Sandra, de 39 anos, foi abordada por um homem que a seguia e que lhe disse a seguinte frase:

 

"O amor faz perder o fôlego e o juízo também".

 O rapaz galanteador, que se dizia chamar Juan e ser médico, após fazer juras amorosas, disse num rompante: 

"Estou apaixonado por você. Nunca senti isso por ninguém. Larga tudo...vem comigo".

O envolvimento foi tão grande, que a moça abandonou o emprego e decidiu acompanhar seu príncipe encantado, esquecendo-se de avisar seus familiares. 

 "Me senti muito atraída. Ele é charmoso, gentil e cativante", comentou.

Eles passaram 5 dias juntos, perambulando por hotelecos da região central de São Paulo, custeados pelos recursos da auxiliar administrativa. Em dado momento, o príncipe Juan tira a máscara, apresentando, então, sua verdadeira faceta, ou seja, era um estelionatário contumaz.

Com a verdade vinda à tona, a apaixonada moça resolveu se separar, para alívio de sua família, que já esperava pelo pior. 

É preciso estar atenta para não ser a próxima vítima. A qualquer momento algum desconhecido pode efetuar uma abordagem na rua, no interior de shopping, pelo celular ou através de sites de relacionamentos na internet, fazendo juras de amor.  É importante considerar que se trata de uma pessoa totalmente estranha, portanto, não confie e nem exponha sua segurança pessoal.

Os mais antigos sempre dizem que só se conhece alguém, realmente, após comer um saco de sal junto com a pessoa. 

 

Tenha muita cautela se for abordada por uma pessoa desconhecida. Desconfie sempre, pois pode ser lobo vestindo pele de cordeiro apaixonado.

Lembre-se, quem vê cara não vê coração.

Jamais aceite carona e muito menos concorde em marcar encontro com pessoa que você mal conhece. Compartilhe com familiares as eventuais abordagens recebidas e sempre peça conselhos antes de seguir a voz do coração, que, em determinadas situações, pode levar a caminhos sem retorno.

CIÚMES É O MEDO QUE TEMOS DE PERDER AQUILO QUE NÃO TEMOS CERTEZA DE POSSUIR

Ao conhecer alguém que achou interessante, bonito, educado, enfim, que lhe causou boa impressão, “não passe o carro na frente dos bois”.

Nessa fase de conhecimento você deve prestar atenção em pequenos detalhes que podem ser reveladores! Jamais deixe a carência afetiva mascarar os defeitos no parceiro! O inimigo pode estar ao lado!

Vamos supor que alguém que acabou de conhecer faça juras de amor após poucas horas ou dias e diz querer casar com você. Tome cuidado, é grande a possibilidade de ser um golpe.

O segredo ao se conhecer alguém é ler o que chamo de SINAIS OCULTOS DA VIOLÊNCIA!

Para que você possa ler esses sinais valiosos e proteger sua integridade física e até a vida, não deixe a CARÊNCIA AFETIVA mascarar os defeitos.

Se prestar atenção no comportamento da pessoa por quem se sente atraída, você perceberá se é pessoa sadia ou violenta. Mas lembre-se, não se conhece uma pessoa do dia para a noite. Não se encante rapidamente. Não dê confiança a quem ainda não fez por merecer.

Ao conhecer alguém, procure agir mais com a razão do que com a emoção e não deixe de ouvir a intuição de seus pais, que em 90% das vezes acertam suas previsões. Não por acaso, muitos dizem que “boca de mãe é santa, sempre acerta”.

 

 

DETALHES QUE REVELAM OS PERIGOS

Homicidas, maníacos e psicopatas são dissimulados e muitas vezes sedutores! Segredo: fique atenta aos detalhes, que são reveladores!

Não se impressione com flores e presentes; podem ser disfarces e armadilhas premeditadas, visando esconder o lado obscuro! Se a pessoa que você está conhecendo ou se relacionando tenta controlar sua vida... muito cuidado... talvez ele não seja capaz de entender um NÃO.

 

Se a pessoa que você namora aumenta tom de voz, bate a porta do carro, grita ou te segura pelos braços... atenção máxima, é sinal de perigo.

Cautela ao se relacionar com pessoa que envia dezenas de e-mails e sms todos os dias. Quando rejeitado, pode ter atitudes intempestivas. Todo exagero em ter sua atenção e em agradá-la deve ser visto com reserva e cuidado.

Não tente mascarar o óbvio. Não deixe de ouvir familiares e amigos próximos. Não seja infantil ou imatura; se relacionar com alguém é coisa séria. Portanto, somente efetive namoro após analisar friamente o comportamento da pessoa que mostrou interesse por você. Na dúvida, tenha personalidade, não hesite em dar passo para trás. Quanto mais voce aprofundar o envolvimento ou demorar a encerrar o relacionamento com pessoa problemática, instável, insegura e que apresenta sinais de agressividade, pode ter certeza que o perigo vai aumentar na mesma proporção.

Lembre-se, sua segurança está em primeiro lugar!!!

Dr. Jorge Lordello

 

< Anterior   Próximo >
AdvertisementAdvertisementAdvertisement